quinta-feira, 25 de novembro de 2004

UMA COR, UMA MENSAGEM

Já que estou a procurar um cartão pouco convencional, tenho também que encontrar o texto certo.
Um texto especial para pessoas especiais, que estão receptivas ao que sinto, que entendem o que verdadeiramente quero dizer, que respeitam as palavras!
Não é só uma mensagem de amor e carinho; tem que ser uma mensagem de cor, que cubra um pouco a dor, a tristeza, a angústia!
Uma mensagem que não seja oca, que prometa coisas que se possam cumprir - um lema para vida, um tema para desenvolver ao longo do ano, um projecto para levar avante.
Estou a pedir demais? Estou a ser romântica demais? Estarei a repetir-me?
Eu sou assim; sei que tenho muitos dias cinzentos - canso-me com facilidade, porque encontro no meu caminho pessoas que não mereçem o meu respeito e isso entristece-me.
É por isso que a cor é tão importante para mim; não só a minha, a cor com que os outros me vêem, mas também a cor com que eu os vejo!

2 comentários:

Maria Branco disse...

Não Marta, não te estás a repetir, nem a ser romântica demais.Para aqueles que amamos, para aqueles que falam a mesma linguagem, que estão sempre conosco, desejamos o melhor, dizemo-lo vezes sem conta,porque nos sabe bem dizer-lhes o quanto nos são importantes, o quanto gostamos, o quanto lhe desejamos a cor, os sorrisos... Essas palavras Marta, não se gastam.. São ditas no silêncio de um olhar cúmplice, num abraço, num beijo, num cartão, em qualquer gesto, todos traduzem esse sentir.
A cor, a nossa cor, é uma mistura das cores daqueles que fazem parte da nossa vida, as tonalidades variam consoante cada vivência... cada contacto! Que as tuas cores sejam serenas, intensas, felizes...
Um beijo grande!

frog disse...

Sabes uma coisa Marta: As tuas palavras suscitam sempre uma reflexão. Despertam-nos para coisas que julgamos insignificantes, mas que depois se revelam num outro olhar. Por isso minha querida amiga, continua a colorir a vida com as cores que mais gostas. Essas, são as mais belas!...

Um beijo