terça-feira, 16 de novembro de 2004

AMIGO PERFEITO

Sinto-me como se o navio naufragasse nos penhascos e no meio da confusão, me atirasse ao mar!
Acordei numa praia deserta - numa praia de areia fina e branca, completamente só!
Mas hoje posso estar sozinha; sinto-me limpa, sem medos, sem ressentimentos!
Ontem, tive que dar vazão às lágrimas estranguladas há tanto tempo na minha garganta, explodiram tal e qual uma bomba e eu não quis sofrer sozinha o impacto!!
Não vou pedir desculpa; nem mais vou falar sobre o assunto - só sei que vá para onde for, decida o que decidir, conheça quem conhecer, case com quem casar, vou olhar sempre para trás para ter a certeza de que estás perto!
Não sei se há amigos perfeitos; só sei que te considero como tal!!!

2 comentários:

frog disse...

...e nesse último adeus / nasceu um novo dia / voltou a fantasia / a esses olhos teus / voltou a poesia!

um beijo

lique disse...

Ainda bem que tens um amigo assim! É o que se tem mais precioso na vida! Beijinhos