domingo, 27 de novembro de 2011

IMPETUOSO

Nenhum toque é desnecessário;
todos são irresistíveis…
Nesse gemido sonolento,
de quem se amou febrilmente.
Em que fomos invadidos,
conquistados,
esmagados pelo prazer…
O prazer mágico do toque
que se sente, escorrendo pelo corpo…
Impetuosamente….


O autor desta foto é desconhecido

8 comentários:

AC disse...

A linguagem do corpo, a libertação dos sentidos...
Sempre bem, Marta!

Beijo :)

Paixão Lima disse...

Todo o toque é necessário e irresistível quando é amistoso.
Principalmente para quem é sensível ao toque.
Poema de grande sensualidade.
Gostei, Amiga.

Daniel Costa disse...

Marta

O poema deixa antever impetuosidade. Melhor dizendo impeto, sensualmente, belo.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

Todo o toque é necessário e irresistível, porque se esmagado pelo prazer que escorre pelo corpo e pelos dedos impetuosamente, invadindo e conquistando os sentidos do prazer mágico do toque!

© Piedade Araújo Sol disse...

impetuosamente sensual!

um beij

Secreta disse...

Concordo. "Nenhum toque é desnecessário..."
Fantástico poema.
Beijito.

Álvaro Lins disse...

A liberdade e sensualidade:)!
Sempre igual a qualidade (excelente) da tua poesia.
Abraço

Nilson Barcelli disse...

Magnífico poema.
Adorei, como sempre.
Beijos, querida amiga Marta.