quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

MEUS

Os meus beijos....
são sempre para ti...

Não os sentes?

Nos teus dedos,
na palma da tua mão?

Precipitam-se,
vestem o teu corpo....

Despoletam sensações,
cruzam-se em apelos,
gemidos.

De amor,
de calor...

Os meus....


Foto de Prismes, "U"" (DeviantArt)

6 comentários:

R.B.Côvo disse...

Sempre sensual! Abraço.

Secreta disse...

Beijos que se fundem e confundem com todos os poros do ser amado.

JPD disse...

Gostava de escrever poesia assim.
Bjs

Sofá Amarelo disse...

Há beijos especiais... sensuais... eternos... são os beijos dados na palma da mão onde se precipitam as sensações e se cruzam os gemidos que mais não são que apelos vestidos com os corpos de quem os dá... os beijos!

alice disse...

a fotografia é um beijo ainda por dar. muito bonito, marta! beijinho*

Daniel Costa disse...

Marta

A sensualidade, sempre a sensualidade, se mistura com profundidade de que resultou em mais um poema bonito poema de suavidade.
Beijos