quinta-feira, 6 de novembro de 2008

REENCONTRO





……. Suave….
Confortável....
……A noite....


Em que…
………Os outros sentidos se apuram….
Em cascatas de desejos….



…………Num leve convite...
A que toda essa paixão…
Essa paixão, que livremente flui em nós….



Se encontre…
…………se reencontre
……………e nunca deixe de ser sentida…………….






(Foto "Suave", de Nuri, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

7 comentários:

Pekenina disse...

A noite pode ser escura, mas nem por isso deixa de revelar certos encantos :)

A. Jorge disse...

E da noite! Da noite gosto.
Além de "apurar outros sentidos", é uma excelente conselheira, companheira e... porque não amante?

Um beijo

Jorge

Nuno de Sousa disse...

Arte pura e cheia de sensualidades nas tuas palavras.
Bjs amiga,
Nuno

Amita disse...

A noite...
mistério de segredos e silêncio...

Muito lindo o que escreveste, Martinha.
Um bjinho grande e uma flor

Alexandre disse...

A vida é feita de encontros e reencontros... e em cada reeencontro há sempre o elemento surpresa para apimentar a vida...gosto de reencnontros!!!

Vieira Calado disse...

Bom fim de semana.

Bjs

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Parece que é à noite, amiga, que a nossa sensualidade fica mais aguçada. Lindo poema. para espantar o laivo de tristeza, fiz postagem hj, sábado, sobre um filme bem atual e gostaria que você fosse ao meu Blog e me desse a sua opinião.
Um abraço,
Renata