domingo, 16 de novembro de 2008

CONTINUAR A SENTIR-TE






Sobre beijos…
Novamente falo…

Sobre os que chovem na minha pele nua…
Intrigantes…
…. Insinuantes…

Se é sonho….
…. Não me acordes….

Se és tu quem me beija….
Se é o teu riso que soa.....
..........porque eu ainda coro…


Deixa que feche os olhos….
……………..E apenas te sinta….



(Foto "A Taste of Silence" Graça Loureiro, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

7 comentários:

Sol da meia noite disse...

Chuvas de beijos...
Sonhos com beijos...

Beijos sentidos. Desejados.


Lindo!


Jinhos * *
:-)

A. Jorge disse...

É lindo corares ainda!

Um beijo

Jorge

cõllybry disse...

Os beijos que adoçam o corpo e a Alma...

Beijitos ternos

Só Eu disse...

Marta. Tinha tantas saudades de te ler...
Agora estou por cá e vou por a minha leitura em dia.
Beijinhos
Ricardo

Pico minha ilha disse...

No fechar os olhos tudo sentimos.Beijinhos e boa noite.S

Alexandre disse...

Os beijos são para sentir, não para pensar... por isso o melhor é fechar os olhos e deixar que eles invadam o nosso espaço... e não acordar...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sonhos de beijos de chuva... Lindo, Marta!
Fiquei sem PC, por isso estive ausente. Gostaria que fosse apreciar meu novo post e que conhecesse meu novo blog, que começo com a minha tradução, com notas explicativas, do primeiro soneto de Shakespeare.
Um abraço,
Renata