quinta-feira, 28 de agosto de 2008

TORNO-ME





Danço...
Sozinha….
Sonho...
Contigo….
Vejo-te...
Ao longe….
….Uma miragem…

Saboreio cada momento...
Cada pedacinho...
Dessa memória….

Em que o corpo também fala…
Do teu riso contagiante…
Do teu olhar malicioso….


Quando me aproximo de ti...........
Do teu corpo...
Em que me torno o teu momento...
O teu amor....................




(Foto "Moments", Paulo Almeida, 1000 Imagens)


(Textos protegidos pelo IGAC)

8 comentários:

Só Eu disse...

Marta
É muito bom estar apaixonado!
Ãs tuas palavras cheiram a paixão. E o perfume é bom!
Atira-te de cabeça.
Beijinhos

Alexandre disse...

A vida é feita de pequeníssimos momentos, e são esses momentos que se recordam pela eternidade - por vezes a vida vale a pena por um ... único momento!!!

Eudemim disse...

Os momentos doces devem ser guardados assim num momento de poesia para usar em dias com um gostinho a amargo.

Bjs daqui

Sol da meia noite disse...

Nesta dança sinto as memórias dum sonho, um dia vivido...

Conheço tão bem os passos desta dança...


Marta, convido-te a ir ao Sol conhecer a Flor de Lua.

Jinhos * *
:-)))

Gui disse...

Um dia quanderes por isso a miragem virou realidade. Um beijo.
Gostei muito do poema.

tempoparaamar disse...

Saboreio cada momento...
é esses momentos que devemos saborear e nunca esquecer.Beijinhos e bfs.
Salomé

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Este teu poema, Marta, exala perfume e sensualidade. Você é uma grande poeta. No meu próximo post, conto com a sua colaboração. Fiz postagem nova. Aperte a tecla "Page Down" e pare onde bem lhe aprouver. Se tiver interesse em mais coisas, volte outro dia, pois o post não vai sair de lá.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
No final do post, há uma casinha, um banquinho, depois quem quiser pode ir ao meu castelo.

Bruxinhachellot disse...

Saborear cada momento é viver intensamente.

Beijos de sonhos.