sexta-feira, 15 de agosto de 2008

COR



Pensei no que escrever...

Perante este céu pincelado a rosa...

O rosa dos meus encantos...

Dos meus sonhos de menina...

Guardados ainda em mim...

Ah, chamem-me o que quiserem...
Quero desfrutar em pleno da beleza...

Que irradia desta foto...

Não tenho realmente palavras....

Ah, digam o que quiserem de mim...

Competir com tal céu....
..............não consigo......




(Foto "_Do resto do diA_" de Bruno Silva, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)

6 comentários:

daniel disse...

Marta

Uma foto, uma cor, uma recordação, num bom poema. É um modo de voltar á infância.
Beijos
Daniel

Patrícia disse...

Uma imagem vale mais que mil palavras. Não é preciso dizer nada, basta observar.

Bjs Marta =)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Rendeu-se ao rosa, Marta? À cor do amor? Lindo o seu post. Também acabo de publicar um lindo post, feito a várias mãos, dedicado ao Brasil, que é irmão de Portugal.
Estou à sua espera.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Um beijo,
Renata

Alexandre disse...

Competir com o Céu... o desafio supremo... a tentação dos que almejam alcançar as nuvens, a Lua e o Sol... há que competir sempre com o Céu...

Sol da meia noite disse...

E tudo escreveste...
E tão bem descreveste essa cor rosa...

Beijinho *
:-)

Só Eu disse...

Mais um texto digno dos grandes poetas.
Gostei muito.
Beijinhos