sexta-feira, 8 de agosto de 2008

ETERNAMENTE MEIGO













Navega nessa linha de prazer…

Esse prazer mal disfarçado….

Nesse teu corpo...

Que sempre escondeste ......

e agora.....com prazer….

Com um sorriso que desce do olhar….

Umas vezes, simplesmente curioso…

Outras, provocador….

Mas eternamente meigo…………

revelas......

(Foto de Silencecall, "S/T", Olhares Com)

(Textos protegidos pelo IGAC)

9 comentários:

tempoparaamar disse...

Um sorriso que nos revela, o que vai na alma.
Beijo e bom fim de semana.
Salomé

M.C disse...

Um sorriso revelador, como um espelho de cristal!

Lindo poema querida. Marta.

Um beijos :)

Patrícia disse...

"...e agora.....com prazer….

Com um sorriso que desce do olhar…."

Achei estes dois versos espectaculares. Muito bom mesmo.

Bjs =)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Nesse você caprinchou, Marta!
Fiz um post muito feminino. Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

ZezinhoMota disse...

Marta! Eu tenho passado por cá, mas algo não me deixa entrar nas opiniões...

Eu gosto muito de te ler, mas nem sempre posso demonstrá-lo.

Nos últimos dias mal tenho conseguido entrar no meu blog http://zezinhomota.blogspot.com.

Não sei o que se passa.

Boas férias.

Bjnhs

ZezinhoMota

Sol da meia noite disse...

Nas entrelinhas do disfarce... a revelação...!

Beijinho *

M.C disse...

(re) leio-te, querida Marta!

bomfimdesemana :)

Um beijo.

Alexandre disse...

É sempre bom não revelar logo tudo... deixar as coisas correrem ao sabor da meiguice e do prazer e na altura certa, então... revelar!!!

Só Eu disse...

Mais uma demonstração de talento literário!
Que bonito é um sorriso quando desce do olhar...
Beijinhos