quinta-feira, 24 de julho de 2008

HORIZONTE VISÍVEL











Hoje…


Vou à procura de beijinhos na praia


Como em criança….


Passava horas a remexer na areia molhada


No meio da espuma….


Arrancava-me risos,


as cócegas nos pés….


Um dia, deixei de sorrir e de fazer muitas coisas…


Hoje…


Volto novamente à “caça” dos beijinhos….


Pés molhados e cheios de areia….


Camisa salpicada com espuma…


O olhar longe…..


Muito para lá do horizonte visível………..



(Foto "Ausência" de Jomar, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)



8 comentários:

Só Eu disse...

Marta
Gostava de ir à praia contigo apanhar beijinhos. Lembras-te da praia dos beijinhos em Leça da Palmeira?
Om dia havemos de ir...
Beijinhos (não os da praia. Estes são beijinhos mesmo)

Cöllyßry disse...

Olá Marta, ummmm como sabe bem lá no fresco do mar...os beijinhos

Deixos o meu doce e terno

Cõllybry

Shelyak disse...

Olá :)))
Ao tempo que não deixava aqui um rasto da minha passagem... (vergonha).
E praia... hummmm....
Beijinhooooo

Secreta disse...

Para lá do horizonte , onde ainda habitam os sonhos .
Beijito.

Sol da meia noite disse...

É tão bom deixar que o tempo volte atrás... nele voltar a momentos passados...
Saber entrelaçar tempos!

Jinhos * *

Entre "aspas" disse...

Para lá do horizonte existe silhietas que passaram despercebidas,nada como um retrocesso no tempo para renovar a alma.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Nuno de Sousa disse...

Mais um excelente texto com uma bela imagem do amigo Jomar, bem escolhida num belo conjunto. Bjs e um bom fds

Alexandre disse...

Não há idade para os pés molhados e cheios de areia, como não há idade para os beijinhos e para as carícias e... tudo o que estiver para lá do horizonte visível...