quinta-feira, 1 de dezembro de 2005

COM LUVA BRANCA

A partir de 2ª Feira, dia 5, todos os meus amigos e conhecidos vão receber um Cartão de Boas Festas meu!
Até mesmo o “menino mau”, que se está a tornar insuportável com tanta amabilidade!
Não quero com isto dizer que prefiro que ele me ofenda, desrespeite e faça com que o dique rebente e eu chore amargamente.
Não, é que ele não é assim;
portanto, o que é que mudou? O que é que aconteceu? O que quer?
Não vou procurar as respostas; verdade seja dita, nem quero ter essas respostas, mas enviei o cartão, por uma questão de boa educação.
Também para lhe dar a chamada “bofetada com luva branca”, uma vez que ele acha estas coisas “uma mariquice”.
Uma coisa tão simples, um gesto tão gentil, apropriado a qualquer ocasião, mesmo não sendo Natal.
Como já aqui disse, levar um pouco de conforto e cor a alguém que, neste momento, se pode sentir derrotado, desesperado é dizer-lhe que não está esquecido!
Não resolve os problemas pendentes, mas sempre anima!
Porque é isso que eu vou sentir quando abrir os cartões que me enviarem!
Não há nada de mal em devolver aos outros o que eu própria vou sentir!

1 comentário:

Carmem L Vilanova disse...

Concordo plenamente contido, minha querida!
Por falar em cartao de Natal, eu estou devendo o envio de minha direçao, que tao lindamente pedistes a Carmencita Chiquita... hehehe... Vou enviar-te agora mesmo por email e aprovito para pedir tua direçao, também! E que o teu fim de semana seja absolutamente lindo, perfeito, maravilhoso, magnífico, querida amiga!