sábado, 17 de dezembro de 2016

O VIAJANTE


Mateus adora mapas.

Faz girar o globo terrestre, fecha os olhos e com o indicador, segue o movimento.

Onde está o dedo quando o globo para é o destino da viagem de Mateus.

Procura mapas das estradas, guias das cidades e entretém-se a planear o trajecto desde casa, ali na Rua do Almada até uma cidade interessante como Milão.

Tão convincente é ao descrever essas viagens que toda a gente pensa que ele é um felizardo, por viajar tanto e conhecer locais tão exóticos.

Mal eles sabem que a única viagem grande que Mateus fez até hoje foi a Lagos....

Um dia, o Pai vai buscá-lo ao Karaté e enquanto espera que ele se vista, resolve falar com o professor.

" Ora viva, como está? Deve estar ainda cansado da viagem..."  pergunta o professor sorridente.

" Viagem? Que viagem? " repete o Pai de Mateus, confuso.

" Sim, a viagem que fez até Milão. Foram de carro, não foram? O Mateus descreveu-me tudo..." explica o professor, surpreendido com a reacção " Até trouxe o mapa com os locais por onde passaram assinalados..."

" Mas nós só fomos até Lagos!" responde o Pai e ri-se quando percebe o que aconteceu. " Este meu filho tem uma imaginação... Adora mapas e passa o tempo a planear viagens."

O professor também se ri e confessa: " É um hobby interessante. Acha que vai ser escritor de viagens, guia turístico, tradutor oficial?"

O Futuro o dirá...

Por enquanto, Mateus viajará pelo globo terrestre à procura de locais exóticos e aventuras excitantes...




1 comentário:

Sofá Amarelo disse...

Eu podia ser o Mateus, tal o meu gosto por mapas desde sempre. Acho que é fundamental ter uma noção para que lado do globo terrestre fica Milão, ou outra qualquer cidade importante ou país. No interior do país, saber onde é o norte, o sul, e assim. Ouvir falar de certas localidades e saber que ficam para determinado lado, mesmo que nunca se tenha lá ido.

Pode viajar-se pelo globo terrestre sem sair do local... mas muito melhor é saber onde ficam os lugares e mais tarde ir até lá... e, quem diria, conseguiste fazer um post interessantíssimo sobre um tema que quase ninguém fala: Geografia :-)