domingo, 8 de maio de 2016

PENSAR EM MAIÚSCULA



Não sei se o Amor é para parvos... Ou se o tempo morto é um bom lugar para estar...

Hoje, confesso que não sei nada de nada... Só não esqueci o meu nome...

O que é alguma coisa... Diz o mais importante sobre nós...

Mesmo que os outros inventem nomes interessantes para nos classificar...

Talvez para esconderem o vazio, a inutilidade da sua própria vida...

Alguém me disse para não ler nas atitudes dos outros coisas que não estão lá...

Mas esqueceu-se de me dizer que os outros também criticam as minhas atitudes e 

"exigem" que eu as modifique... 

Nunca as deles... 

Talvez o tempo morto seja efectivamente um bom lugar para estar...

Para pensar, com a letra "P" em maiúscula... E rever as atitudes e a própria vida...


Nota:
"O Amor é para Parvos"
"O Tempo Morto é um bom lugar"
São romances de Manuel Jorge Marmelo.

2 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta
Se pensarmos em Maiúscula, pesem embora os títulos citados, jamais, poderá ser posta em causa a poesia do amor. Verdade que tudo é uma questão de atitude.
BRASIL: O SORRISO DE DEUS.
Capitania de São Vicente
Se comentar o post agradeço.
http://amornaguerra.blogspot.pt/

Beijos

Sofá Amarelo disse...

Quantas vezes é bom passar despercebido, ser anónimo no meio de uma multidão, para que não sejamos alvos de críticas que nos querem modificar as nossas atitudes... em especial por parte de quem não altera nem um milímetro as suas próprias atitudes, quantas vezes atingindo os outros..