quarta-feira, 11 de maio de 2016

PAZ DE ESPÍRITO



A minha crónica de hoje é sobre a paz de espírito.... 

A que tanto desejo e não consigo ter...

Continuo a esquecer-me de como as pessoas (algumas) são perversas no prazer

de humilhar, magoar, denegrir os outros...


Às vezes, penso que o problema está em mim e nessa visão romântica que tenho 

da Vida...

Não é crime pensar o melhor das pessoas... Ou é?




2 comentários:

heretico disse...

não é crime...
mas por vezes cria contrariedades...

beijo

Helena Medeiros Helena disse...

Não, Marta, não é crime pensar o melhor dos outros. E o problema também não está em ti, minha amiga! Infelizmente o mundo é feito de pessoas de bom coração e também daquelas que parece que vieram ao mundo para "infernizar" a vida dos outros. Mas é por causa dos bons que devemos continuar a ter esta visão romântica da vida, como tu falas, e a ter uma visão positiva das pessoas. Isto é ter bom coração, é transitar pelo mundo confiando e dando um crédito a quem se relaciona conosco. Vem daí, amiga, a paz de espírito de que falas, a consciência tranquila, na certeza de que estamos contribuindo para melhores relacionamento. Se alguém não tem o mesmo comportamento que o nosso, só resta isolar esta pessoa do nosso convívio. Quando uma atitude negativa nos vem de alguém em que depositávamos total confiança, é claro que nos sentimos magoados, tristes, pois sempre esperamos o melhor das pessoas. Mas isto não deve impedir que continuemos a ser honestos, sinceros, leais, em nosso convívio com as outras pessoas.
Enfim, Marta, continue sendo a pessoa linda que tu és, de coração aberto, de atos generosos, sendo verdadeira em cada gesto, pois aqueles que te cercam e possuem a mesma postura de vida continuarão a usufruir dessa luz que te sai da alma e enfeita o teu olhar.
Receba meu carinho nos sorrisos e nas estrelas,
Helena