terça-feira, 31 de maio de 2016

LIVRO



Geralmente, considera-se um livro policial como sendo pesado, negro....

Há um crime, há violência, há sangue... 

Há detectives, testemunhas, interrogatórios e soluções mais ou menos verossímeis. 

" A Sentinela" de Richard Zimler tem todos esses ingredientes, mas também muita luz...

As personagens são muito humanas e o inspector Hank Monroe torna-se nosso amigo, um membro da família.  

O pilar da sua sanidade... Porque há um segredo que ainda não desvendei...

Porque não o desvendam comigo?

 

2 comentários:

Ailime disse...

Boa noite Marta
Em tempos "devorei" livros policiais e muitos outros.
Há sempre segredos nos livros, na vida. Muitos deles jamais serão desvendados, mas outros, quem sabe, se desvendados não nos trariam mais turbulências.
Beijinhos
Ailime

heretico disse...

ainda há segredos hoje em dia?