quinta-feira, 1 de maio de 2008

IRREAIS





Pensamentos irreais…

Sobre ti…

Em poemas que não termino…

Ás vezes, de propósito…

Para te distrair...

para te atrair…

Até aos meus sonhos….

Irreais…Loucos…

Sobre os quais nada confesso…

(Foto cedida pelo Alex, Fundamentalidades

6 comentários:

belakbrilha disse...

Existem coisas que nem às paredes confesso!;)
palavras muito bonitas!
...mas o que seria a vida sem os sonhos, mesmo que sejam loucos???

bjs

© efeneto disse...

Se a mágoa é um dom
duma vontade traída
humilhada e colorida,
que a experiência vivida
nos oferece com desdém...
se a mágoa é tudo isso,
eu não quero ser diferente
Prefiro não ser ninguém.
Prefiro agradecer a sua amizade
e fidelidade para com o Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä.
Um fim-de-semana com amizade e G®¡†ös
É já agora com Þöësiä.

Sol da meia noite disse...

A escrita é sempre algo inacabado...

Bjs

cõllybry disse...

Pensamentos, são sempre tantos que...poemas são em rascunho...

Doce meu beijo

Alexandre disse...

E tudo na vida não será irreal? Quantas vezes penso que de real só o pensamento porque irreal são todos os reflexos...

Muitos beijinhos!!!

Joseph disse...

Marta
Olá

Pensamentos irreais, sonhos irreais, poemas irreais, tudo no jogo sedutor, da procura do jogo do amor.

Muito bom, este poema.

Um bom fds

Beijos ternos;)**