terça-feira, 27 de maio de 2008

AVISOS E SINAIS



















Escrevo-te…

Sobre os sinais…

Que encontro nas cores do céu…

Um último aviso…
Nos últimos raios….

Continuo a ler nas entrelinhas mágoa….

Tu ficas em silêncio….

Sucumbes ao seu charme…

Eu escrevo….
………preencho os espaços vazios
para que ela não me magoe…

Não posso preencher os teus….

Tenho medo por ti.....








(Foto "Cercas" de Mário Pereira, Olhares.com)

7 comentários:

Menina do Rio disse...

Se como eu tu estravasas a tristeza em versos, pois há sempre a necessidade de preencher espaços...

Um beijo

cõllybry disse...

Olá Marta, vim revovar meus parabens pelo Teu aniversário, que a benção Divina envolva Teu Ser...
Triste? o medo paraliza os sentidos, não tenhas...

Sempre com amizade, terno meu beijo

Sol da meia noite disse...

Sempre que fugimos do que nos possa magoar, magoamos alguém...
Melhor matar a dor. Assim ninguém mais a sente.

Beijinhos

aflordapele disse...

A tristeza sente-se nas tuas palavras, e não encontro outras que te consolem.Talvez, por vezes seja mesmo necessário estarmos tristes, por nós, ou por alguém... Fica um beijo( e os parabéns com dois dias de atraso)

Alexandre disse...

Uma ode ao bom gosto, acho mesmo que aqui há frases de antologia como:
«Eu escrevo….
………preencho os espaços vazios
para que ela não me magoe…

Não posso preencher os teus….»

E acho que continuamos todos a ler nas entrelinhas...

Muitos beijinhos, Marta!!!

Secreta disse...

E o medo por vezes impede-nos de seguir em frente. Luta , luta contra ele.
Beijito.

Joseph disse...

Marta
Olá

AVISOS E SINAIS

Dás demasiada importância a coisas que, provávelmente, não a têm. E porquê?
Por não serem o que pensas estar a sentir ou a ver.

Continua a tua luta, porque é cá que tens que te debater com o que acontece. O passado já lá vai.
Tenta esquecê-lo, luta sobretudo por ti... e NÃO TENHAS MEDO.
Sabemos do que falamos, querida amiga.

Beijos ternos com carinho;)**