sexta-feira, 22 de julho de 2005

QUEM ÉS TU, LEONOR TELES?

Quem és tu, na verdade?
Leonor, Leonor Teles serás, na verdade, a “Rosa Brava” descrita no livro de José Manuel Saraiva?
Largas o teu veneno, corrompes a terra, expulsas quem te faz frente, cravando esses teus espinhos, sem dó e piedade?
Coisa feia, Leonor – pensares só em ti, no que te faz feliz, no poder que terás e para quê, não me dirás Leonor?
Acabares os teus dias sozinha, numa cela de um convento, envenenada!
Jogaste e perdeste – a tua beleza o teu maior trunfo, as intrigas a tua verdade!
Depressa te descobriram, Leonor – serás uma vitima ou uma mulher que nasceu fora de época?
Seja em época for, Leonor, calcar os outros para atingir os nossos objectivos não é boa política.
Não nos devemos rebaixar, devemos lutar pelo que achamos ser justo, mas Leonor, intrigas, manipulação, não!

Engraçado, Leonor estudei-te no Liceu, mas nunca te liguei importância, mas agora até estou interessada.
Vou navegar na Net, ver o que dizem sobre ti e descobrir quem foste!!!!!

Sem comentários: