quinta-feira, 7 de julho de 2005

QUEBRAR HÁBITOS

Não sei se reparastes, mas ainda não quebrei o hábito de te contar em primeira mão todas as novidades sobre a minha "ilustre" pessoa!
Talvez nem todas, mas as mais importantes guardo-as para ti e lá vai um e-mail ou um SMS.
Às vezes, não respondes; outras é só um "Ok", mas desta vez, foi um sincero "Acho que sim, sobretudo se te faz feliz" e escreveste a negrito.
Faz-me feliz, sim; pensei que tinha perdido o rumo, mas agora esqueci tudo, apesar das nuvens pretas continuarem lá.
Já nem te falo destas "nuvens", pois sei que vais novamente brincar comigo e eu vou ficar sem saber se estás a falar a sério ou a brincar.
As tuas brincadeiras nunca me irritam, porque nunca me humilham e agora, que apanhei o "jeito", respondo-te à maneira.
Por isso, aguardo ansiosamente a tua nova "partida"....porque eu já estou a preparar a vingança!

Sem comentários: