domingo, 17 de julho de 2005

DESEJOS

As pessoas são engraçadas:
Há as que ficam admiradas quando lhe chamamos a atenção para o facto do prazo de pagamento da Factura estar ultrapassado, apesar de estar escrito a negrito que é a “30 dias da data”.
Há as que se apressam a dizer que houve lapso dos Serviços responsáveis, que vão averiguar, mas garantem a liquidação no decorrer daquela semana.
E há ainda as que fazem de conta que nem receberam o fax….
Falo em “engraçado”, mas tenho vontade de chorar, porque num passado não muito longínquo, era raro, muito raro mesmo ter que contactar os clientes e pedir-lhes o pagamento da Factura.
O problema com que eles se debatem é o meu. Falta de liquidez!
Não numa escala tão grande, mas tive que fazer cortes para viver com uma certa “folga”.
Não vou tantas vezes ao cinema como gostaria; almoçar ou lanchar fora só de vez em quando, em ocasiões muito especiais!
Deixei de fazer as minhas viagens e refugio-me sempre que posso em casa da Cristina, que organiza passeios interessantes
.
Como o que fizemos a Cascais – visitamos primeiro uma exposição de cerâmica chinesa; depois deambulamos pelas ruelas estreitas do centro e acabamos na Baía, a tirar fotografias e a fingir que éramos turistas ingleses.
Este ano, tencionamos visitar o Panteão e subir até ao Castelo de S Jorge para descobrir as 7 colinas, levar um livro qualquer para ler a descrição da batalha entre D Afonso Henriques e os Mouros e fingir que somos um desses cavalheiros que o ajudou a entrar em Lisboa.
Ou a odalisca, a quem arrancou o véu e por quem se apaixonou a ponto de esquecer o voto que fez – a reconquista de Jerusalém – e voltou para trás para o seu castelo!
Como todos nós!

Sem comentários: