domingo, 24 de outubro de 2004

ONTEM

Ontem, foi o dia que guardei para mim.
Recusei que alguém me ditasse as regras do jogo – ontem, foi o dia em que vagueei pelas ruas, sem dar atenção a quem quer que fosse
!
Ontem, vasculhei as lojas à procura de novas cores para alegrar o meu mundo, para seduzir a minha alma!
Ontem, perdi horas à procura dum livro novo, diferente!
Ontem, deixei-me levar pelas emoções – não sei se ri, não sei se chorei!
Ontem, fui à procura do rio – daquele rio turvo, mas imponente que seguia o seu curso, calma, lentamente, como se nada o preocupasse!
Ontem, encontrei paz, fiquei em paz e estou finalmente em paz!

1 comentário:

frog disse...

...ontem, tocaste a outra extremidade do arco-iris!...

Um beijo e um resto de domingo agradável