domingo, 18 de junho de 2017

AGAPITO - PARTE II


Entusiasmado com a ideia, Agapito entregou-se de corpo e a alma ao novo projecto e passados alguns meses, o ginásio estava a funcionar em pleno.

Incentivado pelos pais, o Agapito terminou o Mestrado em Ciências Desportivas e matriculou-se num curso de Gestão.

Estava a ter sucesso e não podia estar mais feliz. De vez em quando, o Livramento aparecia para controlar o negócio, pensava o Agapito, mas não tinha que se preocupar: ele assegurava-se que estava tudo dentro da lei.

Até ao dia em que o Inspector Leandro apareceu no novo ginásio que o Livramento o tinha convencido a abrir.

" É preciso diversificar, pá. " justificou o Livramento e, como campanha de abertura, o Agapito preparou uns vouchers para sessões de treino livre de yoga, pilates, hidroginástica, danças latinas distribuídos na rua e metidos nas caixas de correio.

Satisfeito por ter um ginásio perto de casa, Leandro aproveitou o voucher e foi a uma aula de hidroginástica.

Naquela noite, o Livramento resolveu aparecer e viu o Inspector na recepção. Leandro também o viu, registou o facto na memória e seguiu o funcionário até ao balneário.

" Sabes quem é?" perguntou o Livramento ao Agapito.

Este encolheu os ombros e disse: " Quem?"

" Inspector Leandro Marques da Judiciária. É um tipo esperto. Temos que ter cuidado."  respondeu Francisco.

" Cuidado com o quê? " e a expressão do Agapito era perplexa.


CONTINUA

1 comentário:

Sofá Amarelo disse...

O Agapito no seu "melhor" enquanto o inspector Leandro é mais conhecido do que ele próprio julgaria, com certeza.... mas o Agapito parece não ter percebido a implicação que tem a presença do inspector... pelo que a história promete...