sexta-feira, 14 de outubro de 2011

DISSO

Hoje, escondo-te dos meus olhos.
Das histórias que te poderiam contar
sobre mim.
Sobre a paixão que se sussurra em mim,
todas as vezes que me tocas.
Porque é isso mesmo que quero que faças
- que me toques,
me faças sentir-te.
Como se a tua vida dependesse disso.


O Autor desta foto é desconhecido

8 comentários:

AC disse...

A envolvência plena faz-nos sentir mais vivos...
Belo, Marta!

Beijo :)

Anita de Castro disse...

Nunca deixar morrer oque nos faz sentir vivos ,faz parte da vida do ser humano ,,,a paixão
Um abraço beijinhos da tua amiga Anita

Liene disse...

Nesse instante, as palavras se tornam necessárias...

Lindo, sempre!

Beijos, querida

Tenha um final de semana de paz!

Paixão Lima disse...

Ser sensível ao toque é ser humano. Por isso, necessitamos viver sempre apaixonados. Para darmos sentido à vida e obtermos algum gosto em viver. A paixão é a energia que nos faz mover. A paixão sussurra-se, grita-se e vive-se no atordoamento da razão.
Isto se sente...
Isto se escreve...

Sofá Amarelo disse...

Pode-se esconder dos olhos mas nunca das sensações que o toque despertam porque a paixão sussurrada nas histórias contadas em silêncio são a que fazem sentir que a vida depende da paixão!

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo poema.
Intimista e pleno de sensualidade.
Gostei muito.
Querida amiga Marta, tem um bom fim de semana.
Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

sensual e muito bom.

um bom domingo

beij

Daniel Costa disse...

Marta

Que definição em poesia!"como se a tua vida dependesse disso".
Beijos