terça-feira, 26 de julho de 2011

RETRATO DA VIDA

O retrato da vida...
Com caminhos sinuosos,
dúvidas e coragem...
E falar de medo,
não é cobardia....
Se o próprio Hercules duvidou...
Se a árvore continua serena,
ali à beira do abismo...
Se não entrarmos em pânico,
podemos arriscar e atingir o topo...
O nosso próprio topo,
a meta que todos nós temos na vida...
E sentirmo-nos tão confiantes
e tranquilos como a árvore...



Autor desta foto é desconhecido


8 comentários:

Zenith disse...

Mantendo a calma, ganha-se clarividência.
Beijo
Z

tecas disse...

Somos árvores na fonte da vida. Muita sabedoria de um autor desconhecido. Belíssima escolha, querida Marta, para o seu post. Amei.
Bjito e uma flor.

Paixão Lima disse...

Vida!...punhado de areia!
Morte!...rajada de vento!
(G.J.)

Marta disse...

Tecas, obrigada pelo comentário.
Mas o texto é, como todos os deste blog, de minha única e exclusiva autoria.
O autor da foto é que desconheço quem seja...
Obrigada
Beijos e abraços
Marta

N. Barcelli disse...

O medo é até saudável, pois leva-nos a avaliar o risco de atingir o topo...
Marta, fizeste mais um magnífico poema.
Beijo, querida amiga.

Sofá Amarelo disse...

Cada meta depende de cada um de nós... alguns querem chegar muito longe e acabam por ficar pelo caminho, outros dão passos serenos, mesmo que em caminhos sinuoso, mesmo que com dúvidas, mas muita coragem... e esta é a melhor maneira de chegar ao topo de cada um de nós...

Secreta disse...

O medo faz parte do dia a dia, faz parte da sensatez das pessoas!
Beijito.

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei deste retrato da vida que define também o medo que faz parte dela.

está muito bom.

a foto está muito bem para o conteudo do poste, já a vi sem ser aqui mas tb não sei o seu autor.

beijo