domingo, 15 de março de 2009

MENDIGA


Hoje
Mendigo
Imploro
Peço

Hoje
Seduzo
Exijo
Enfeitiço


Hoje
Cedo ao calor da minha pele
Fundo-me
Em ti.....



(Foto "Wave" Graça Loureiro, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)




6 comentários:

Patrícia disse...

Porque de vez em quando todos mendigamos algo.

Beijinhos Marta=)

Sofá Amarelo disse...

E quem não mendiga, quem não implora e pede? Quem não seduz, quem não exige, quem não enfeitiça? Só assim faz sentido fundirmo-nos com outro alguém porque... a única diferença é que muitos não têm coragem de «mendigar», de «implorar»... esses ficam mais pobres, ficam mais tristes, não sabem o que é um beijo...

Nilson Barcelli disse...

Hoje o teu poema é pura sedução.
Gostei imenso. Da foto também.
Boa semana, beijo.

Nuno disse...

Sedução, sensualidade pura e um poema cheio de força e beleza... mto bom o que se lÊ por aqui. Parabéns
Nuno

Carla disse...

hoje encanto-me com as palavras que e ti se soltam
beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo poema...Espectacular....
Beijos