quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

AINDA A ESTA HORA


Para ti….
Esse beijo…
…. Em que o ar, trapalhão, mas decidido….
……tropeça…

Esse beijo que a ponta da língua ainda procura…
Na humidade dos lábios….
Mal disfarçada com “gloss”…

Ainda a esta hora….
Pois que a noite apaixonada….
……Há muito que se afastou…
(Foto de Nuno Manuel Baptista, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC)
(Palavra chave do post: Beijo)

6 comentários:

Sol da meia noite disse...

É sempre hora para o que se deseja.

Beijinho *

Amita disse...

"...Em que o ar, trapalhão, mas decidido... tropeça..."
Lindo, muito lindo, Martinha.
Com muito carinho e amizade desejo-te um Ano Novo cheiinho de palavras lindas e doces sorrisos.
Um bjinho e uma flor

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Extremamente sensual e amoroso. Gostei muito.
Querida:
Postei em todos os meus Blogues, inclusive no Tristão e Isolda. Quero que o visite e também aos outros. Espero por você,
Renata

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo com muito amor...Espectacular...
Beijos

utopia das palavras disse...

Tropeçar num beijo é sublime!
Lindo...!

Um beijo

Sofá Amarelo disse...

Os beijos são sempre mágicos, mesmo que trapalhões, pois os beijos só por si intuem e entoam poemas de amor em melodias cristalinas...

Muitos beijinhos, Marta!!!