terça-feira, 13 de janeiro de 2009

MIL






Atrevo-me…
…………A divagar sobre o teu sorriso tranquilo



Tranquilizas-me….
………. Relaxo e fecho os olhos…



E divago….
Sobre mil histórias….
……. Sobre mil olhares……….



Os teus mil olhares….
............Sobre o meu corpo…………….




(Foto "Feeling" de Lili, Olhares.Com)


(Textos protegidos pelo IGAC)


(Palavra chave do post: Olhares)

6 comentários:

Pekenina disse...

Mil... Mil desejos que se prendem... Agarra-os... ;)

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Marta...bela fotografia...Excelente poema...
Beijos

Sol da meia noite disse...

Ousar divagar é muito bom.
Dá-nos essa tranquilidade de que falas. Transporta-nos a uma imensidão de sentires...

Beijinho *
:-)

pin gente disse...

atreve-te sim!
e desta forma, tanto melhor.

um beijo, marta

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

É bom atrever-se, libera os sentidos. Ainda mais para quem é poeta, o que resulta neste seu lindo poema sensual.
Marta querida:
Fiz um post digno do Galeria. Vc pode ir aos outros Blogs, mas vá primeiro ao Galeria. Vc vai gostar.
Um abraço,
Renata

Sofá Amarelo disse...

Divaguemos pois sobre os sorrisos tranquilos, sobre as histórias e sobre os olhares... divaguemos sempre... porque o divagar é essência da cumplicidade!!!