terça-feira, 17 de junho de 2008

NOVAMENTE À TOA







Atrevo-me novamente…


Sou eu quem te deixa à toa agora…


Continuo a escrever nas linhas que traçaste…


As viagens do Sol…


Em que ele se compara a Ulisses…


E suspira por Penélope….


Ao escorregar na areia....


..........e ir ao encontro das ondas……….


Suspiro por ti....







(Foto "Calma" Carlos Viana, 1000 Imagens)





(Textos protegidos pelo IGAC)

6 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Acordaste sensual e atreveste-te a escrever um belíssimo poema.
Continua assim sensual...

Beijinhos.

Cöllyßry disse...

No mar das palavras, nasce Teu belissimo poema,ao acordar...

Beijito, Marta

Sol da meia noite disse...

Escrever palavras nas linhas que alguém traçou... Belo! Profundo. Algo que se toca...

Beijinho *

Alexandre disse...

Suspirar por alguém é um êxtase, é uma dádiva conseguir suspirar por alguém - quantos não há que nunca tiveram quem suspirasse por eles e muito menos suspiraram por alguém. Que as linhas traçadas se cruzem com as ondas nas areias finas...

Muitos beijinhos!!!

Lyra disse...

Tropecei no teu blog e adorei. Parab�ns!

Voltarei com toda a certeza.

At� breve.

;O)

Só Eu disse...

Olá Marta
Se fosse por mim não suspiravas...
Eu iria estar onde acabam os teus dedos e começam as ilusões...
Beijinhos com muita ternura