quarta-feira, 18 de junho de 2008

JARDIM MALDITO






Hoje…
Vou contar a história do Jardim Maldito…
Onde nem a brisa passa…
Com medo da fúria dos Deuses…
Quais os teus segredos?
………E porque é que te chamam “Maldito”?
Se ainda é possível sentir o aroma das rosas….
Se a hera ainda se espalha pelos muros….
Se as árvores continuam frondosas …
Se posso descansar à sua sombra……….

………Talvez porque aqui é fácil sonhar….
Longe do Mundo e dos Deuses………….



(Foto "Bem me quer" Nuno de Sousa, Olhares)


(Textos protegidos pelo IGAC)

5 comentários:

Pekenina disse...

"Se ainda é possível sentir o aroma das rosas"

Se alguma vez deixares de o sentir lembra-te que há sementes que ainda podes plantar. Há mais jardins para descobrir =)

Beijinho*

Fernando Rozano disse...

o jardim e seus segredos, nas flores que a seu tempo vivem e depois se despedem, da terra, que silenciosa germina e silenciosa esconde o que testemunha dia após dia. rico texto, Marta. abraços.

Alexandre disse...

A arte verdadeira é conseguir transformar o jardim maldito num mar de rosas onde o perfume não se esvaia na brisa.

muitos beijinhos!!!

Gerlane disse...

É bom se ter um lugar longe do mundo, onde se possa sonhar. Eu preciso de um jardim desses agora.

Beijos pra ti!

Secreta disse...

E é tão bom sonhar !!! Sendo mais fácil , tanto melhor.

Beijito.
Bom fim de semana :)