quinta-feira, 11 de agosto de 2005

UMA CARTA PARA AMIGOS


Caros Amigos,

Hoje escolhi escrever um texto tipo carta, porque toda a gente gosta de receber uma carta e não neguem esse facto!
Não neguem principalmente que é uma agradável surpresa receber uma carta que não é uma conta para pagar…
Não me estou a esquecer dos SMS e dos e-mails!
A comunicação tornou-se mais rápida, mas o vocabulário elegante e as fórmulas de delicadeza quase desapareceram.
A carta talvez esteja um pouco desactualizada, mas continua a ser uma forma elegante de transmitir as mensagens.

Como tudo, é uma pena que não invistam neste “tipo de arte”, pois é de uma arte que se trata, exigindo uma boa caligrafia, articulação das palavras, conhecimento de gramática, etc.
Tudo isto implica trabalho e eu sou suspeita, pois adoro escrever.

Sei que muitas pessoas consideram uma obrigação, um grande aborrecimento escrever cartas, mas na minha modesta opinião, isso não quer dizer que não se tenha as noções básicas para o fazer quando necessário.
Aqui a “idealista” prepara-se para partir para Lisboa no 1º comboio da tarde de sábado.
Embora esteja de férias, sempre que puder, vou navegar pelo meu blog, pelo vosso e conhecer quem resolver passar por aqui.
É um prazer comunicar convosco e deixo aqui um grande abraço

Marta

Sem comentários: