segunda-feira, 13 de julho de 2015

BELLA




Esta é a história de uma cadelinha que vivia no meio de sedas sussurrantes e veludos macios.
Havia igualmente um grande jardim que ela gostava de explorar.  E no jardineiro tinha um bom amigo, apesar das partidas que lhe pregava.
A vida decorria ociosamente até que uma noite houve vozes alteradas e uma porta batida com força. A cadelinha ficou curiosa e foi até à sala onde encontrou alguém a chorar. Aproximou-se dela, pôs o focinho nos seus joelhos e esperou por uma festa. Esperou em vão, pois ignoraram-na e a cadelinha foi então à procura da outra pessoa da casa.



(Continua)

3 comentários:

Smareis disse...

Olá Marta,
Fiquei curiosa a respeito da história. Que pena a pessoa não aceitou o carinho da cadelinha. Espero pela continuação.

Uma ótima semana cheia de sorrisos!

Sofá Amarelo disse...

Os animais, e em especial os cães, pressentem o que vai acontecer e estão presentes sempre que os humanos precisam de equilíbrio...

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

As histórias sempre nos chama a atenção... Uma feliz noite