sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

GOSTAR DE

Gosto..

De velas aromáticas espalhadas pela casa.
Do óleo perfumado derramado no meu corpo.
Do beijo profundo nascido na alma.

Gosto...

De sentir a tua pele a derrapar na minha.
O meu corpo acolher-te.
O teu olhar em mim.


Nos meus olhos,sem histórias,
sem sombras.

Apenas eu.


Foto de Adriano Lima

7 comentários:

tecas disse...

Maravilhoso gostar, num sublime poema de amor sensual e...
Fabuloso.
Beijinho amigo e uma flor.

Sofá Amarelo disse...

As sombras só servem para esconder o aroma das velas aromáticas, por isso é melhor derramar óleo num beijo profundo e deixar que a pele derrape na pele, sem histórias e sem sombras, só olhares!

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Querida amiga,

O gostar permite-nos adentrar por caminhos que favoreçam a cumplicidadede e o bem estar do outro...Nos teus versos o cheiro, o toque e o prazer em completa sintonia...

Um feliz e abençoado início de semana!
Beijo carinhoso no seu coração
Deus seja contigo

Álvaro Lins disse...

Belíssimo gostar num poema sensacional:)!
Bjo

Nilson Barcelli disse...

O ambiente sedutor da sedutora...
Gostei do teu poema, magnífico.
Beijos, querida amiga Marta.

Daniel Costa disse...

Marta

A sensualidade a embelezar o poema, de quem a sabe usar, profundamente, em poesia.
Beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

sedutor este gostar.

um beij