quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

SEGUNDA PELE

Hoje,
não quero saber de ninguém...

Quero saber do teu eco..

O teu eco enrolado em mim
como uma segunda pele....

Já não sei nada....

Tão seduzida eu estou já....

Pelo eco dos sentidos...




Autora da foto : Joanna NowaKowska

Nota: Jogo poético com a palavra "eco".

6 comentários:

AC disse...

Quando o eco da "segunda pele" tudo ofusca, os jardins atingem a sua plenitude...

Beijo :)

Sofá Amarelo disse...

O eco dos sentidos é sempre o mais profundo, o que cala bem fundo na pele e a envolve como se de uma 2ª ou 3ª pele se tratasse! O eco dos sentidos seduz só pelo timbre, só pelo toque...

Secreta disse...

E que nunca se cale esse eco!!!!!!!!
Beijito :)

Daniel Costa disse...

Marta

O eco dos sentidos, faz sentido, talvez seja o eco de gostarmos de nós.
Beijos

JB disse...

Os sentidos à flor da pele trazem o sabor dos ecos que gritam na boca do amor...

Poesia deliciosamente vestida!

Beijinho

Nilson Barcelli disse...

E quando a sedução é total, a segunda pele confunde-se com a primeira...
Magnífico poema. Parabéns pela tua criatividade poética. Ou inspiração...
Beijos, querida amiga.