quarta-feira, 15 de julho de 2009

ESCUDO DE PROTECÇÃO - Parte I



Perco os sentidos,
com o fogo que lavra no meu corpo.

Nos desejos em que a pele transpira,
volto a mim.

Sinto em mim a brisa,
como que um escudo de protecção.
Um sorriso misterioso,
que se refugia igualmente nos meus lábios.

Dizem que eu sou misteriosa.
Sou?....Talvez.

Não o serei para mim...
E
para ti?

Sabes exactamente o que quero,
agora,
neste momento...






(Foto "J23" JUlieta Domingos, Reflexos)

(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)






10 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema, Marta, cheio de sensualidade. Por que não o publica em nosso Blog? Ia ficar lindo lá. Se vc não publicar, eu publico, viu?
Minha amiga, acabei de publicar no GALERIA acerca de um filme que trata de relações amorosas, sem dissociá-las da sexualidade, como deve ser. Gostaria muio que me desse a sua opinião.
Um beijo,
Renata

Secreta disse...

QUando alguém nos conhece assim tão bem... só pode ser bom!
:)

Patrícia disse...

Não devemos baixar a guarda. Talvez quebrar algumas barreiras mas nunca nos deixar desprotegidos. Pelo menos na minha opinião.

Beijinhos Marta=)
Patrícia

Helena Paixão disse...

Um escudo de protecção bem sedutor.

Lindo poema!

Bjs

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Venho aqui e leio o mesmo poema. Pena! Queria ler a continuação, pois parece que haverá continuação. Depois, não tem isso, nem aquilo: nós os publicaremos em nosso Blog, sejam quantos forem.
Hoje, fiz uma surpresa para a nossa amiga Ana: fui ao seu Blog, peguei um poema e o publiquei no nosso. Deixei-lhe uma recado. ESpero que ela goste.
Beijos,
Renata
Ah, a tempo: publiquei no Galeria, aquele post estava voduzado porque o fiz para um ser e não deu certo, foi o maior rolo, depois eu lhe explico. Então, fiz este para desanuviar.

MCampos disse...

Gostei bastante deste seu poema. O agora, neste momento, em que ambos sabem exactamente o que querem, o amor. Simples e belo.


Um abraço e boa semana.

pin gente disse...

imagino!

um beijo, marta

Nuno de Sousa disse...

Agora :-) ui... eheheh

Mais um trabalho de grande beleza e sentimento.
Adorei,
Bjs

Ulisses Reis disse...

Esse poema é tudo de bom, maravilhoso, hoje tirei par te ler, e estou feliz !!!!Beijos !!

Sofá Amarelo disse...

É bem que alguém saiba o que queremos em determinado sem para isso ter que debitar palavras... basta fazê-lo com pensamentos...