sábado, 8 de março de 2008

MEIA ADORMECIDA












Estou meia adormecida….
A tarde está sem vida…
…………triste…insatisfeita…
..........e eu….
tenho tempo………….
Para espreguiçar….
O corpo…os braços….
Entrelaçar as mãos….
..........e olhar para o vazio….
Para o vento…para o cinzento….
Pincelar sorrisos, sonhos e ilusões….
Os meus sonhos…
………….os meus sorrisos …

.....................as minhas ilusões…
Soltas, à deriva…. Ou não….
.....................Talvez tal seja a ilusão……………



Foto: "Gastamos tudo menos o silêncio " de Mariah, Olhares.Com

7 comentários:

Anónimo disse...

lindissimo

venha participar tb em www.luso-poemas.net :)

AURORA ( LOLA ) disse...

A tarde está sem vida…
…………triste…insatisfeita…
..........e eu….
tenho tempo………….
Para espreguiçar….
O corpo…os braços….
Entrelaçar as mãos….
..........e olhar para o vazio….






oi, amiga adorei esta lindo e venho te desejar um dia da mulher muito mas muito feliz, bjs

tufa tau disse...

era uma tarde como eu entristecida
sem sol, sem nuvens, sem saída
uma tarde demasiado longa para a vida
e em que na solidão me vi perdida

Sol da meia noite disse...

Tem momentos em que tudo em nós, parece ser ilusão...

Beijinhos

velaaovento disse...

Muito bonito este divagar pelo meio de sorrisos, sonhos, ilusões...
A ilusão, sustenta-nos... Alguém disse que "a ilusão sustenta o ser, como as asas sustentam o pássaro".

Beijinhos

un dress disse...

o silêncio de prata baça...

... às vezes tão belo

às vezes insuportável...!






beijO

Alexandre disse...

A ilusão à deriva, é sempre a ilusão que brinca com os sonhos e os sorrisos, essa ilusão que nos faz entrelaçar as mãos e... olhar para o vazio!

Muitos beijinhos!!!