segunda-feira, 20 de junho de 2016

EXIGIR


Ultimamente, a minha palavra favorita tem sido " francamente"...

Resume na perfeição a minha indignação contra as atitudes mirabolantes das pessoas...

Um exemplo é parar-se no meio do passeio, a falar tranquilamente ao telemóvel e obrigando as pessoas a desviaram-se...

Se cometemos a tolice de ser bem-educados e dizemos "com licença", olham-nos friamente, com um desprezo tal que fico com vontade de lhes dar um safanão.

Mas não foi isso que me ensinaram... 

Uma coisa que a vida me ensinou, e ensinou-me da forma mais brutal que se pode imaginar, é que não podemos exigir dos outros mais do que estão preparados para nos dar.

 Como se diz no yoga... 

Nem sempre fácil de compreender e seguir, mas porque não tentar?


 

2 comentários:

heretico disse...

excelente princípio nunca esperar demasiado dos outros

Agostinho disse...

Um cházinho fará sempre bem, mas há sempre o risco de ser malcriadamente recusado.
Há umas semanas tive um encontro imediato com um troglodita da idade da pedra que, por pouco, não chegou a vias de facto. Anda por aí à solta muita gente louca.

Bj