terça-feira, 30 de agosto de 2011

ENLACE

Sei que,
ao apaixonar-me por ti,
deixei que te escrevesses em mim...
Num poema
deliciosamente erótico...
De palavras quentes,
que tornam o dia feliz,
inventando-te,
improvisando-me....
Num enlace entre a paixão
e o desejo...
 

Autor desta foto é desconhecido

7 comentários:

AC disse...

A vida privada destes enlaces torna-se árida...
Uma bela tela, Marta!

Beijo :)

© Piedade Araújo Sol disse...

muito sensual.
a foto bem escolhida.
gostei!

um beij

tecas disse...

Sensualmente belo, este « enlace» de paixão. Imagem e poema excelentes. Bjito amigo e uma flor, querida Marta.

Sofá Amarelo disse...

Invenções e improvisos andam sempre enlaçados... entre a paixão e o desejo, porque das palavras quentes deslizam deliciosamente poemas de contornos eróticos que tornam felizes as escritas na pele e na alma...

Daniel Costa disse...

Marta

Belo como sempre este poema, a mostrar como manipulas bem palavras de sensualidade.
Beijos

Paixão Lima disse...

Enlace delicioso entre a paixão e o desejo.
Inventar e improvisar no delírio dos sentidos...
Bonito!

N. Barcelli disse...

Continua a inventar e a improvisar... é assim que o amor e o desejo se mantêm...
Excelente poema. Gostei mesmo muito.
Beijos, querida amiga.