segunda-feira, 9 de agosto de 2010

LUFADA



Qualquer palavra
pode ser escrita a negrito,
em itálico.
Ficar ao centro, à esquerda,
ou à direita.
Tamanho gigante, médio
ou tão pequeno
que se torna difícil lê-la.
O interessante é o impacto
que causa, obrigando a
uma 2ª leitura.
É o embater na mente
e sacudir o pensamento,
desleixando o aspecto estético,
concentrando-se apenas no que transmite.
Em mim?
Uma lufada de ar fresco.


Foto de Rui Margato (Olhares)
Textos protegidos pelo IGAC - Cópias, totais e/ou parciais proibidas
Texto já colocado no FACEBOOK - Um novo jogo poético

5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Qualquer palavra pode ser mais do que uma simples palavra, uma composição de letras e traços rabiscados numa qualquer folha... qualquer palavra pode trazer o mundo dentro do seu significado... e significar muito mais do que o valor que lhe atribuímos..

Secreta disse...

Cada palavra pode ser uma lufada de ar fresco, quando as sentimos como sangue que corre pelas veias.
Beijito.

Maristeanne_C disse...

...
qualquer palavra que procura sustentar-se
pulsando olhares...
trémula se ergue

brota do nada...em que tudo cresce
nascida da alma...a ela se entrelaça

cabe nas montanhas e na relva
ambas são povoadas

palavras omnipresentes
que sempre florescem com o sopro forte do vento.

Marta,

(a)braços sem limítes para uma amiga sem fronteiras.

alice disse...

a fotografia é hipnotizante :) e as palavras de facto sugerem uma segunda leitura. um grande beijinho, marta.

avlisjota disse...

"desleixando o aspecto estético,
concentrando-se apenas no que transmite."

A palavra tem o poder de ferir ou de matar... mas também nos pode elevar
e nos tornar mais altos.

Lindo o teu jogo Marta!

bjs

José