quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ESCUTA-TE




Se me queres



encontrar,



escuta-me.






Não deixarei



pistas



para seguires,



enigmas



para resolveres






Mas se me escutares



verdadeiramente



lembra-te



da letra



da minha



canção favorita.






Procura o aroma



da rosa












Encontra-o.



Impregnado em mim.



Insinuante na brisa.



Deixa que te



acolha



e escuta-te



em mim



Foto de Graça Loureiro "Poem without words" (Olhares)

Textos protegidos no IGAC - Cópias proibidas

9 comentários:

JPD disse...

Belíssima poesia.

Saudações

Jacarée disse...

Marta,

Passei para lhe desejar....

PAZ
AMOR
UNIÃO
SAÙDE
ALEGRIA
SUCESSO
HARMONIA
HUMILDADE
IGUALDADE
ESPERANCIA
FELICIDADE
FATERNIDADE
SOLIRIEDADE
BENEVOLÊNCIA
PROSPERIEDADE

FELIZ NATAL E ANO NOVO

--------*--



¨¨¨¨¨¨¨¨**

¨¨¨¨¨¨¨¨¨*o*

¨¨¨¨¨¨¨¨*♥*o*

¨¨¨¨¨¨**o**♥*o*

¨¨¨¨¨**♥**o**o**

¨¨¨¨**o**♥***♥*o* “

¨¨¨*****♥*o**o****

¨¨**♥**o*****o**♥**

¨******o*****♥**o***

****o***♥**o***o***♥ *

*******||||***********
*******||||************
*******||||************

Jacarée

uminuto disse...

quando os nossos sons ecoam junto de quem amamos é possível compormos a mais bela canção de amor
um beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Escuta-te em mim*
Maravilhoso!
Linda Poesia!
Beijoss
Renata

Graça disse...

Belo, Marta.

Para que não me esqueça, desejo-te já, aqui :), um magnífico Natal.

Beijo imenso de carinho.

Helena Paixão disse...

Que dizer perante tão belas palavras? Bravo!

Aproveito a oportunidade para desejar um muito feliz Natal, com muita serenidade e carinho no sapatinho.

Bjs

Nilson Barcelli disse...

Mais um excelente poema, querida amiga.
Gostei imenso do encadear das tuas palavras e ideias, que resultou muito bem.
Um Feliz Natal.
Beijos.

FOTOS-SUSY disse...

OLA MARTA, FANTASTICO POEMA...ADOREI...VOTOS DE UM FELIZ NATAL E UM PROSPERO ANO NOVO, COM MUITO AMOR E PAZ!!!
BEIJOS COM AMIZADE E CARINHO,


SUSY

Sofá Amarelo disse...

O aroma da rosa vem solto e insinuante na brisa que passa, escutando os verdadeiros enigmas deixados nas pistas indefinidas de um caminho insinuante...