sábado, 12 de janeiro de 2019

O CÓDIGO DE CONDUTA - FIM


A empresa abre um processo disciplinar e o Zeca é despedido.

A Justa é transferida para aquela secção para ocupar o lugar e a Isabel acha que a situação vai melhorar.

Efectivamente, o resultado da avaliação foi excelente, mas Isabel fica um pouco sentida por não ter sido promovida.

" Não te preocupes, porque vais ser promovida. Tenho a certeza absoluta." consola Justa.

" Ok, mas quando?" pergunta Isabel desanimada.

" Estas coisas levam tempo... Querem que a poeira assente." diz Justa, referindo-se ao processo disciplinar e ao despedimento do Zeca.

" Pois..." concorda Isabel e desvia o assunto para uma encomenda pendente.

O ano passa, a Justa adapta-se bem ao novo posto de trabalho e Isabel até está a planear umas férias no Hawai.


Pouco tempo depois de regressar de férias, recebe a promoção tão desejada.

As duas amigas resolvem celebrar, indo a um jantar dançante num restaurante que o marido de Justa descobriu.

Os dois casais divertiram-se imenso, estão satisfeitos com o rumo da vida.

Do Zeca, ninguém sabe o que lhe aconteceu.

Quanto à Beatriz, embora todos sejam profissionais e a tratem com educação, desconfiam um pouco dela.

Acham que ela foi precipitada... o assunto poderia ter sido resolvido de uma maneira mais discreta....


FIM




3 comentários:

Larissa Santos disse...

Tudo termina bem, :))

Bjos
Votos de um óptimo Sábado.

Cidália Ferreira disse...

Mas o Zeca desapareceu?!
Gostei do final!
Obrigada...

Obrigada, palavra tão simples
Beijo, e um excelente fim de semana!

Sofá Amarelo disse...

Há muitos Zecas na vida real. Pessoas que não conseguem adaptar-se ou reconhecer o seu lugar. Já para as restantes personagens a tua história foi benévola, e tudo acabou bem... Parabéns por mais esta narrativa, onde ficaram mais uma vez retratadas vidas reais!