quarta-feira, 15 de abril de 2015

EM NOME DE



Choro....
Por ti... Só por ti...
Pela angústia que leio no teu olhar....
Uma angústia que ninguém tão pequeno devia sentir....
Ou mesmo esse terror e solidão que te pesam nos ombros e que não sabes, não compreendes o que é.....
Não sentes o sol nem partilhas os gritos de alegria de quem brinca tão feliz ........
Porque o teu corpo queixa-se...
Da fome que o assalta....
Do lugar sujo e frio onde te deitas... E onde sonhas... e como sonhas!!!
Que alguém te aconchegue a roupa com um sorriso...
Um sorriso que já viste... mas quando?... Já nem te lembras...
Sabes apenas que esse alguém desapareceu e te deixou sozinho...
Deixando-te à mercê de um mundo egoísta e déspota.........



1 comentário:

Sofá Amarelo disse...

O mundo é sempre egoísta no peso dos ombros mesmo que os sonhos já tivessem sido sorrisos envoltos nas partilhas de Sol e alegria...