terça-feira, 18 de novembro de 2014

ESTA



Esta é...
Uma carta escrita para apaziguar a dor…
A dor que fala alto…
A dor que não se compreende e que grita no silêncio do corpo…
Só as palavras me ouvem… A chuva chora comigo e o Vento sussurra-me carícias…
Tenho medo… Já não é o medo de te perder…
É o medo de não me apaixonar pelas palavras…
Por isso, escrevo esta carta… Escrevi frases curtas de propósito…
Talvez o Vento a leve até ti… Mas agora não faço questão…
Porque é só uma carta escrita para apaziguar a dor…


2 comentários:

Graça Pires disse...

Uma carta escrita para apaziguar a dor... Muito bela, não a dor, mas a carta...
Beijo, Marta.

Sofá Amarelo disse...

As cartas são quase sempre símbolo de apaziguar dores porque funcionam ou como desabafos ou como mensagens a quem nos provoca dores... e as cartas não têm necessariamente que ser entregues num prazo e num local... podem existir apenas para apaziguar a dor...