sábado, 20 de outubro de 2012

EM MIM





Deixa
        (peço-te)
o meu corpo solto
        na sua própria loucura
Ouve-o na tua alma
         (quero)
Cede ao teu prazer e di-lo
       (preciso)
Da tua voz
      das tuas mãos
do teu corpo
      (em mim)




Woman in yellow” Horacio Cardoza

6 comentários:

LUZ disse...

Olá Marta,

Um corpo noutro corpo e o "mundo" deixa de existir.

Beijo da Luz.

Daniel Costa disse...

Marta

É assim: das tuas mãos venha esse pedaço de loucura!

Beijos

Sofá Amarelo disse...

A pintura do prazer é quando se deixa o corpo solto através da alma, onde a voz e as mãos são o símbolo do que se quer, do que se pede e do que se tem...

Mar Arável disse...

Um dia seremos de novo crianças

a beber nas fontes

com mãos cheias de sol

© Piedade Araújo Sol disse...

muito sensual e belo

gostei

bej

tecas disse...

A necessidade do toque num pedido de prazer sensual.
Belíssimo.
Beijinho e uma flor, querida Marta.