quarta-feira, 24 de outubro de 2012

CHEIRO E CORPO





Ás vezes,
               paro no tempo e no espaço
E sinto o teu cheiro em mim
               a insinuar-se...
Uma chama
               que se alastra pelo meu corpo
Num beijo mágico,
              especial...
Porque é o meu corpo
             e é como o sinto.....



Sensuelle” de Elise Palmigliani

4 comentários:

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Sofá Amarelo disse...

Não há tempo nem espaço delimitado para o beijo especial, porque é mágico e a magia alastra-se e insinua-se pelo corpo...

Daniel Costa disse...

Marta

Por vezes uma intensa chama, um bonito sonho de poesia|
Beijos

Nilson Barcelli disse...

Há cheiros que duram e perduram para além do tempo...
Magnífico poema.
Marta, tem um bom fim de semana.
Beijo.