terça-feira, 19 de junho de 2012

O SILÊNCIO E A NOITE


Tudo o que temos
Além do silêncio
e da noite?

Temos tudo
O que sentimos
e desejamos

O que explicamos
O que nunca diremos em palavras
Sempre inúteis no acto de amar

Na paixão de amar....

COMING TOGETHER”, Foto de David Naman

5 comentários:

AC disse...

Palavras, para quê?
É isso, Marta!

Beijo :)

© Piedade Araújo Sol disse...

concordo!

um poema de uma escrita espontânea e transparente

um beij

Pintor disse...

palavras sensuais!

abraço

Secreta disse...

Tudo o que temos, é tudo aquilo que faz pulsar o nosso sangue...
Beijito.

Sofá Amarelo disse...

As palavras não são necessárias no acto de amara, bastam os silêncios da noite e os sentimentos dos desejos...