terça-feira, 30 de março de 2010

ADORO





Sei onde andas.
Sei onde te procurar.
Sei porque te procuro.
Não são ciúmes; nem medo de traição.
Apenas quero deambular pelas ruas
e não quero estar sozinha.
Quero-te ao meu lado, quero ouvir-te rir
dos disparates que tenho vontade de gritar.
Porque, às vezes, eu digo disparates
- estou bem consciente disso -
e o porquê ilude-me.
Deambulo, então pelas ruas à procura da resposta,
a inventar tempo que não existe,
mas que insisto em sonhar.
Não é sonho ouvir, sentir o teu riso
nem acordar embrulhada no mesmo lençol.
Nem é inventar tempo,
sentir-me enraizada na tua vida.
E os disparates,
esses disparates que grito,
dizem que apenas que te adoro.



Foto de Filipe P Neto, "Caminhando à Chuva" (Olhares)
Textos protegidos pelo IGAC - Cópias totais ou parciais, proibidas

7 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Adorei! E como, Marta! *E os disparates, esses disparates que grito, dizem que apenas que te adoro.*
Lindo, minha amiga talentosa demais!
Deixo-lhe beijos + o Hino da autoestima, porque é assim que o vejo e por ser assim o publiquei. Isso não quer dizer que não gosto de outros/outras + pensamentos positivos!
***********

SÓ VOU GOSTAR DE QUEM GOSTA DE MIM********************

De hoje em diante
Eu vou modificar
O meu modo de vida
Naquele instante
Em que você partiu
Destruiu nosso amor
Agora não vou mais chorar
Cansei de esperar
De esperar enfim
E prá começar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim...

Não quero com isso
Dizer que o amor
Não é bom sentimento
A vida é tão bela
Quando a gente ama
E tem um amor
Por isso é que eu vou mudar
Não quero ficar
Chorando até o fim
E prá não chorar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim...

Não vai ser fácil
Eu bem sei
Eu já procurei
Não encontrei meu bem
A vida é assim
Eu falo por mim
Pois eu vivo sem ninguém...

De hoje em diante
Eu vou modificar
O meu modo de vida
Naquele instante
Em que você partiu
Destruiu nosso amor
Agora não vou mais chorar
Cansei de esperar
De esperar enfim
E prá começar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim...

Composição: Rossini Pinto*

Até já!

Sofá Amarelo disse...

Deambular pelas ruas é das melhores que se podem fazer para a mente e para o corpo - enquanto se deambula a cadência dos passos ajuda-nos a organizar as ideias, a dar prioridade às coisas importantes da Vida... e os disparates, isso que nós pensamos serem disparates são apenas pormenores para (re)inventar o tempo...

Secreta disse...

Isso...fazer tudo isso por gosto, por desejo de sentir a companhia sempre, da pessoa que amamos!

alice disse...

fizeste-me lembrar uma canção da nicole kidman em que ela diz precisamente que é um disparate dizer que se ama :) beijinhos, marta.

avlisjota disse...

Olá Marta lindo poema.

Fica bem, boa Páscoa e boa semana!

bjos

José

Sofá Amarelo disse...

Que a Páscoa traga todos os ovos embrulhados em sonhos e pensamentos de magia...

Muitos beijinhos! Boa Páscoa!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Com todo gosto, querida Marta, desejo-lhe Feliz Páscoa, porque Páscoa não é só chocolate. Aliás, Páscoa é Amor! Como se percebe pela sua Lindo Página!

Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular amigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica....
Soneto do Amigo

Vinicius de Moraes*


Beijos e o simplesmente o melhor *******************
Renata