quinta-feira, 5 de novembro de 2009

ONDE QUISERES




Se me beijasses agora?

Neste momento, em que a noite parece

indecisa,

insegura com a vinda da chuva?


Beijar-te-ia também.

Relaxaria todo o meu corpo contra o teu.

Confessaria todas as minhas vontadas na tua pele..

Enroscar-me-ia e apagaria a luz,

quando a chuva nascesse.



Afagam-me as tuas mãos bem abertas,

respiram contra a minha pele,

provocam-na.

O teu prazer transpira no meu e eu peço-te,

baixinho,

tão baixinho que duvidas.

Beija-me,
onde quiseres.

Na boca,
no corpo.

Onde quiseres.





Foto de Daniel Pedrogam, "O Canto dos Cisnes" (Olhares)

Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas

Texto colocado no WAF

9 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

A classe de uma sensualidade fecunda, com laivos erotizantes e exalando um perfume estético inconfundível. Dez estrelas!

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querida Marta





.sempre me fascina


.essa mulher sensual______que és tu!


.e cada palavra tua

desliza

.

desliza.tão.suavemente
_______como.macias.gotas.de.chuva



.ou

.como uma bátega d'água_______tocando os sentidos...






lindo.lindo!







___________________///








beijO_______ternO

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia!
Sempre me fascinam os seus poemas
Desejo Sensualidade Fecundidade Mulher!
Gosto muito, Marta, jamais cansa redizê-lo
Muito obrigada por informar-me sobre a saúde de todos e perguntar acerca da minha.
Beijos e Boa Quinta!

PS: Há 2 poemas lá no canto nosso desde ontem. Não consegui acessar a Caixa Postal

Carmem L Vilanova disse...

Lindo, lindo, lindo, lindo... como alias nao poderia deixar de ser, linda amiga!
Estas melhor de saude? Oxala que tudo esteja bem por ai'!
Muitos beijos, flores e meus eternos sorrisos!

Patrícia disse...

Este poema pareceu-me mais detalhado e cheio de pormenores.

Parabéns Marta=)
Patrícia

uminuto disse...

a surpresa do beijo desejado
um beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Marta , muito bom poema...Espectacular....
Beijos

AnaMar (pseudónimo) disse...

Que bom que é a concretização do desejo.
Ansiado, pedido, inspirado. E depois degustado.
Bj

Sofá Amarelo disse...

Não há limites de tempo nem de espaço para o verdadeiro beijo... o beijo deve acontecer quando a vontade e as sensações estão despertas... só assim faz sentido, só assim o beijo cumpre a sua 'missão'...