segunda-feira, 21 de abril de 2008

DERRAMADO



Sei desse teu desejo…

Intenso…como sempre…

…. Derramado no teu olhar…

……. Adivinhar…
Deixa-me……

……Saborear…
Deixa-me...

Esse teu desejo…

nas mãos estendidas…

abertas....

Como que numa saudação….

Ás portas do paraíso………………


(Foto de José Vaz Meneses, 1000 Imagens)

7 comentários:

AURORA ( LOLA ) disse...

……. Adivinhar…
Deixa-me……

……Saborear…
Deixa-me...

Esse teu desejo…

nas mãos estendidas…

abertas....




LINDO,ADOREI.





bjs

Sol da meia noite disse...

Lindo este poema em jeito de prece! Também de sussurro...

Muito gostei.

Beijinhos

Betty Branco Martins disse...

__________minha querida Marta:)


.a tua "casa" está



LIN.DA!!!












um______verdadeiro




_________suspiro___...





=estou de volta=












estava com ___saudades:))











beijO c/___________carinhO

125_azul disse...

Maravilhoso! Hoje tão mais feliz que ontem, que bom... Beijinhos

Secreta disse...

Porque em determinadas alturas , o paraiso está mesmo ao nosso alcance!
Beijito.

tibeu disse...

Lindo o poema, gostei muito. Felicidades bj

Alexandre disse...

Como custa adivinhar os desejos derramados, mas quão grande é a tentação de o fazer...