terça-feira, 6 de novembro de 2007

FAMA





Fotografa-me………….
Torna-te...
...............torna-me famosa…
Inspira-te…
Rende-te…
...........Não negues essas emoções….
Que, crescem em ti…
Ousadamente...
Projectando…………….
………………Cenários loucos...
......estranhas poses…
…………………Num grito,
num alerta, numa controvérsia
………………..Mas…
.............lembra-te que…
……………….na luz difusa desse quarto
voltas sempre
a ser só meu...


P.S.: Imagem tirada da Net

9 comentários:

Sol da meia noite disse...

Adorei mesmo, Marta.
É por aí o caminho. Sente-te segura, sempre.

Beijinhos!

Arte de Amar disse...

cenários de pura luxuria, de corpos comportando almas em momentos de amor. :)

www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

Betty Branco Martins disse...

Querida Marta

_________deixei-me ir____________na "Fama" das tuas sensuais palavras___________de mel puro___o seu aroma____...

Beijinhos com muito carinho
BSemana

Salve Jorge disse...

Fama
Inflama
A trama
Dama
Seja lama
Seja grama
O que proclama
Aclama
Conclama
Até que derrama
Sobre a cama
Arte profana
Profanamente sagrada...

Márcio disse...

Olá!
A fama pode levar a um mundo não nosso, em que nos entram pela casa e rouba-nos o meu refúgio... E aí, queremos voltar a ter aquilo que é tão nosso, mas poderá já ser tarde demais.
Beijinho, até já

belakbrilha disse...

na luz difusa desse quarto
voltas sempre
a ser só meu...

...mas em sonho ou no real???

espero que sonhes sempre mas que se realizem esses sonhos...

bjs

Alexandre disse...

A fotografia pode ser cumplicidade - aliás, é assim que eu entendo a fotografia! E fotografia é também sinónimo de ousadia, de projecção e de luzes difusas...

Muitos beijinhos!!!

Paula Raposo disse...

Gostei!!

Vitor Lopes disse...

Quem pediu um fotógrafo?????