quinta-feira, 31 de maio de 2007

LEALDADE CRESCENTE




Se atravessar o rio…


Ao atravessar o rio…………..


Quando atravessar o rio…


Apenas quero tentar…


Captar esse teu ar tranquilo…


Esse respeito que inspiras…………


Esse silêncio que nasce…


Uma lealdade crescente….


O que eu quero saber…

Ver…

Sentir….
É como o sol....
de ti se despede…

A lua…como te saúda…

P.S.: Rio Douro - Foto tirada por mim

7 comentários:

Entre linhas... disse...

Quem não gosta de sentir a brisa nas mas margens do Douro...eu adoro.
Tam como dizes "é captar o ar tranquilo(...)esse silêncio crecente.Douro é tudo isso.

Bom fim de semana
Bjs Zita

Alexandre disse...

O rio tem sempre duas margens, o Sol troca com a Lua e vice-versa!

É a linha da vida, em sequência, tranquila, sem olhar para trás... e o rio é uma passagem de margem em margem...

Ant disse...

e por detrás dessa calma há uma revolta interna que lhe dá a vida e nos mantém em suspenso.

Reflexos da Alma disse...

Minha Querida Marta :)
Lindas estas Palavras ao Rio Douro, esse Belo Rio que tantas vezes contemplei e que sempre me delicio a observá-lo sempre que aí vou....
Espero que estejas bem ...
Um Grande Beijo te deixo minha Querida, com votos de Um Bom Fim de Semana ... :):):)

.:mÁrCiO:. disse...

Algo perfeito e tranquilizador... Algo suave e profundo… Algo que só o mar tem o poder de dar!

C_britto disse...

Eu amo a maneira do teu senti Marta!
Às vezes eu paro só pra sentir a brisa.




Beijoo querida.

sonhadora disse...

Um post que me deixou a sonhar.
Beijinhos embrulhados em abraços